Bairros de São Paulo e Lisboa entre os mais criativos do mundo

De Yaba na Nigéria ao centro de São Paulo, a Metropolis Magazine elencou os dez bairros e distritos mais criativos do mundo. Espalhados entre…

Continue lendo


De Yaba na Nigéria ao centro de São Paulo, a Metropolis Magazine elencou os dez bairros e distritos mais criativos do mundo. Espalhados entre cidades de rápido crescimento urbano, como Cidade do Cabo (África do Sul) e Mumbai (Índia), o artigo oferece um panorama compreensivo destas comunidades de peso mundial em termos de criatividade, embora menos reconhecidas.

A Metropolis reconhece que estes bairros “criativos” estão frequentemente em tensão com processos de gentrificação, mas também destaca como alguns espaços inseridos nestas áreas podem aumentar a acessibilidade do público às artes. Isso é visto em Avenida Novas, Lisboa, que recebe o festival de cinema documental DocLisboa, e no centro de São Paulo, caracterizado pela presença de equipamentos culturais, como a galeria Pivô, em áreas outrora lembradas pela criminalidade.

lisboa_avenida_novas
CENTRO DE SÃO PAULO

O centro histórico da cidade já teve uma reputação de ser dominado pelo crime, apesar de ser o lar da bela arquitetura modernista, como o Edifício Copan, projetado por Oscar Niemeyer. O enclave multicultural está passando por uma mudança, com o aumento do número de galerias de arte alternativas e bares subterrâneos descolados. Um marco fundamental na mudança foi a abertura do Pivô, um espaço de artes autônomo e sem fins lucrativos que ocupou um espaço que permaneceu desocupado por duas décadas no Edifício Copan. Próximo dele existe também o Minhocão que devido ao projeto de ser transformado em um parque urbano com jardins suspensos, poderá tornar-se também uma atração para os jovens criativos, fortalecendo o caráter cultural da região.

pivo_agosto_2015_selecao_-53-705x470
img_1385
Muitos destes bairros são também caracterizados por notáveis conjuntos arquitetônicos. Daimyo, subúrbio de Fukuoka, por exemplo, não é apenas repleto de livrarias e salas de concerto, mas também lar do Hotel Il Palazzo de Aldo Rossi. Já a região de Malasaña, em Madri, é lar de diversos estúdios de arquitetura e design.

Veja a lista completa elaborada pela Metropolis Magazine dos dez bairros e distritos mais criativos do mundo, aqui.

Via: Archdaily