2016, O Ano da Arquitetura

O nosso país e principalmente os profissionais da arquitetura, serão agraciados com três grandes eventos de interesse dos profissionais dessa…

Continue lendo


O nosso país e principalmente os profissionais da arquitetura, serão agraciados com três grandes eventos de interesse dos profissionais dessa nobre arte: a 11ª Bienal Internacional de Arquitetura, previsto para iniciar em maio do corrente ano; a Exposição Latin American in Construction: Arquiteture 1955-1980, do Museu de Arte Moderna de Nova York e, a Bienal Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo.

Segundo o arquiteto José Armenio de Brito Cruz, presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil, a ideia do evento é colocar em evidência a importância do projeto como instrumento de transformação da realidade, concluindo que a Bienal vai gerar projetos.

Ressalte-se que esses eventos contribuem para a própria formação dos arquitetos, além da importância que esse espaço proporciona aos jovens profissionais da área, oportunidade de se aproximar e conviver com colegas de projeção.

O evento faz com que a sociedade em geral também entenda o papel dos arquitetos para o desenvolvimento das cidades, principalmente para discutir e buscar soluções para questões de habitação, transportes e mobilidade urbana.

A importância pela realização desse evento, não é somente pela exposição pública, mas também pelas atividades paralelas, que deverão ocorrer para tornar a arquitetura e urbanismo pauta da mídia não especializada.

As bienais, segundo o arquiteto Fábio Faria, do Estudo 41, tem papel de grande importância para os profissionais de arquitetura terem maior contato com o que tem sido projetado no país e no exterior.

1
Via: Estadão