Cidadãos tornam-se jardineiros de seus bairros, em Paris

Em 2020 Paris poderá ter um quarto de sua superfície coberta por vegetação se conseguir implementar um programa de seis metas que envolve, entre outros pontos, que as novas edificações tenham coberturas jardim e também a criação de 30 hectares de espaços públicos verdes. O avanço e a execução destes objetivos está sendo complementado pelas autoridades da capital francesa através de outras iniciativas que promovem o cuidado do meio ambiente em todos os níveis, sendo um deles a cidadania. Um exemplo disso é a criação do programa “Du vert prês de chez moi” [Verde perto de mim], que convida os habitantes a se tornarem jardineiros de seus bairros. Para isso, oferece espaços próximos de onde vivem – por exemplo, as portas de suas casas ou as ruas – para que plantem vegetação e, assim, façam parte do processo de tornar mais agradável o entorno urbano. Após escolher os pontos de plantio, os moradores devem solicitar uma licença que tem duração de três anos (ela é renovável) e que lhes permite plantar nos espaços públicos de seus bairros. A iniciativa, além disso, lhes oferece consultorias sobre quais as espécies mais adequadas para cada caso e quais as melhores formas de realizar … Continue lendo →

Leia mais

Arquitetos constroem casas suspensas, em Paris

Levantar casas sem precisar de terrenos livres. Essa é a proeza proposta pelo escritório Stéphane Malka Architecture. Os arquitetos suspenderam três unidades pré-fabricadas sobre telhados de edifícios antigos com um nobre objetivo: conquistar novos espaços habitacionais, mais acessíveis e sustentáveis, na região cobiçada e altamente construída de Paris. De quebra, conseguiram ainda rooftops adoráveis, que permitem vistas inéditas para a cidade da luz. “Chegamos até essas casas-verdes – com um valor 40% abaixo da tabela do mercado e construídas sem quebra-quebra e em pouquíssimo tempo – graças aos nossos painéis e técnicas únicas de pré-fabricados. A tecnologia foi desenvolvida em parceria com os engenheiros da empresa Les Toits du Monde”, revela a arquiteta Stéphane Malka, sobre o projeto, batizado como 3Box. Cobertas por jardins verdes, as unidades retangulares tomaram forma em uma esquina, elevadas sobre as duas casas pré-existentes. Sem interferir estruturalmente nas obras antigas, as novas construções criam, com sua estética contemporânea, um constraste na paisagem urbana. Ali, passado e presente convivem em harmônia, em prol de uma cidade melhor. Via: Casa Vogue

Leia mais

9 banheiros para você se inspirar!

Apesar do banheiro não costumar ser dos principais ambientes que recebem atenção na hora de decorar a casa, é possível com um simples detalhe ou uma cor diferente deixá-lo muito mais legal e agradável. Desde os banheiros com decoração e paleta clean até os revestidos por madeira e materiais mais escuros, separamos 9 opções do nosso Pinterest para você se inspirar! • COLORIDOS • REVESTIMENTOS ESCUROS • CLEAN Em nosso painel no Pinterest dedicado aos banheiros tem várias outras ideias. Já nos acompanha por lá? Join us!

Leia mais

Tendência de cores em 2017 para a cozinha

O site Dig This Design publicou uma matéria que aponta quais serão as possíveis cores tendência para cozinhas nesse ano de 2017. Patrícia Davis Brown conta que como designer leva em consideração três referências para chegar num consenso: – Mostras de tendências – Instituto de Cores Pantone – Influências culturais “Minha primeira fonte de pesquisa é o Instituto de Cores Pantone. Eles lançam um guia que é utilizado nos mais variados segmentos da industria como em gráficas, tintas, tecidos e plásticos. É aqui que as cores são produzidas e eventualmente irão se tornar cores tendência que você encontra nas empresas de design para casa. Eu também levo em consideração as atuais influências culturais na sociedade porque acredito que através da cor é que expressamos atitude e emoções. Por exemplo, acredito que após a crise houve uma necessidade da simplicidade arquitetônica. As cores ficaram mais suaves, como uma espécie de limpeza do excesso.” 1. TOQUES DE COR O cenário político e econômico atual irá exercer influência na escolha das cores. Então, haverá uma busca por paletas que tragam um sentimento de felicidade para os nossos espaços, realizando isso através da mistura de bases neutras com toques pontuais de cor. Utilizando cores … Continue lendo →

Leia mais

Av. Paulista como principal eixo cultural

Em 2017, após investimento de quase R$ 300 milhões, três gigantes vão despontar na avenida Paulista e consolidar uma mudança de perfil do cartão-postal: de centro comercial e financeiro para eixo das artes de São Paulo. Três centros culturais abrirão suas portas nos dois extremos da via no segundo semestre, o que transformará o endereço no principal corredor cultural da capital. Estreiam ali a Japan House, o novo Sesc Paulista e o Instituto Moreira Salles Paulista, todos com projetos arquitetônicos arrojados, pensados para abrigar exposições, cinemas, teatros, bibliotecas e restaurantes em estruturas verticais. Todas essas iniciativas se juntam ao decano Masp, de Lina Bo Bardi, à Casa das Rosas, ao Itaú Cultural, ao Centro Cultural Fiesp, a livrarias, teatros e 54 salas de cinema. “A Paulista já vinha se desenhando como o grande eixo cultural de São Paulo”, avalia Flávio Pinheiro, superintentende-executivo do Instituo Moreira Salles. “A presença desses três edifícios consolida isso. “Para Marcello Dantas, diretor de programação da Japan House, ambicioso projeto do Ministério das Relações Exteriores do Japão que conciliará arte, tecnologia e negócios em edifício projetado pelo arquiteto japonês Kengo Kuma, a avenida “está sob um processo de ressignificação e revalorização”. “Poucas cidades do mundo têm … Continue lendo →

Leia mais

A tendência das paredes transparentes

Espaços integrados são muito bacanas e por isso as pessoas estão escolhendo ter paredes transparentes em suas casas. Estar em um ambiente fechado, com poucas ou mesmo sem janelas pode passar a sensação de desconforto ou claustrofobia. Designers de interior e arquitetos estão percebendo que as pessoas estão cada vez mais procurando maneiras de abrir seu espaço, adicionando janelas ou ampliando as já existentes. Isso traz o exterior para dentro e permite a luz natural entrar no ambiente, tornando as cores mais vivas e auxiliando no humor do local e consequentemente de quem o utiliza também. PROJETANDO COM PAREDES INVISÍVEIS Existe uma tendência nos projetos de banheiros a fim de criar uma experiência ao ar livre durante o banho. A melhor maneira de fazer isso é com uma parede de vidro que pode abrir ou ser fixa. Naturalmente, é preciso levar em consideração a vista e possivelmente criar um jardim adequado com projeto de paisagismo para realçar a experiência. Privacidade é uma obrigação e deve ser levado em conta pelo projeto, sabendo brincar entre a transparência e privacidade ao mesmo tempo. PORTAS DOBRÁVEIS DE VIDRO Utilizando um sistema de parede de vidro dobrável, como portas camarão por exemplo, é possível … Continue lendo →

Leia mais

Beleza subterrânea dos metrôs

O fotógrafo Chris Forsyth divulgou suas mais recentes fotografias da série “Metro”. Tendo anteriormente visitado e registrado a beleza subterrânea do metrô de Montreal, Forsyth visitou agora a Europa para registrar estações de Munique, Berlim e Estocolmo. Suas fotografias retratam as estações em momentos bastante específicos e oportunos – iluminadas, limpas, coloridas e na ausência completa de pessoas. Veja, a seguir, algumas das fotografias da nova série de Forsyth. “Vendo as qualidades projetuais de diversos sistemas de metrô, das cavernosas estações de Estocolmo, pintadas à mão, às modernas plataformas do U-Bahn de Munique, realmente comecei a perceber como um bom projeto pode mudar seu dia para melhor” comentou Forsyth. Para ver o restante da série e outras fotografias de Forsyth, acesse seu website, aqui. Via: Archdaily Brasil

Leia mais

15 transformações urbanas pela street art

Algumas áreas urbanas são mais problemáticas do que outras. Lugares que costumavam ser novos e atraentes acabam por se tornarem desinteressantes. Este foi o caso de alguns espaços até que a arte de rua os rejuvenesceu. Aqui estão 15 exemplos de incríveis transformações urbanas, induzidas pela street art, que nos mostram uma maneira de trazer de volta aquelas áreas esquecidas das cidades. Via: Zupi

Leia mais

Cores tendência em 2017

Palestrante da próxima edição do Casa Vogue Experience, que ocorrerá de 22 a 26 de novembro de 2016, a pesquisadora Ana Kreutzer falará aos convidados sobre as tendências de cores na decoração segundo a Suvinil, uma das marcas patrocinadoras do evento. “A palavra que norteou nossa pesquisa foi luz”, conta Ana. “A sociedade passa por um importante momento de reflexão sobre a própria essência. É hora de rever escolhas, repensar quem somos e o que estamos fazendo”, completa. O termo Luz propõe uma imersão no profundo, no autoconhecimento, nas alternativas para velhos problemas. Diante disso, a marca definiu três universos temáticos e, a partir deles, as respectivas paletas de cores. 1. A busca por nossas origens O tema nomeado de Substancial traz à tona a busca por nossas raízes e origens, movimento que cresceu ultimamente no Brasil. Designers como Sergio Matos, Irmãos Campana, Marcelo Rosenbaum e a estilista Fernanda Yamamoto mergulharam em regionalismos brasileiros e assim conquistaram repercussão internacional. Além da esfera estética, há um aspecto social nessa valorização. Dentro do tema Substancial está a Cor do Ano para 2017 da Suvinil: Cortina de Teatro (na foto acima, o tom da parede ao fundo). “É um vermelho violetado, que remete … Continue lendo →

Leia mais

As cidades mais coloridas do planeta

Concreto e metal fazem das cidades um cenário quase sempre cinza. Mas há locais no mundo – de comunidades a grandes metrópoles – que resistem à mesmice com uma cartela de cores cheia de graça. Fizemos uma seleção com 10 das selvas de pedra mais coloridas do planeta, para o deleite de nossos leitores. Confira! 1. Guanajuato, México Na região central do México, as cidades surgiam em torno das minas que produziam 30% da prata comercializada na época colonial. A escalada de construções espanholas refletiu a prosperidade, e o colorido das fachadas, o espírito latino do povo. 2. San Juan, Porto Rico A parte antiga da cidade é um verdadeiro mosaico de estilos. Dos tons quentes ao pastel, as cores revestem toda a região, das fachadas às ruas — os paralelepípedos que vieram da Espanha no século 16 ganharam uma leve coloração azulada com o passar do tempo. 3. Valparaíso, Chile O colorido das residências que vão de uma ponta à outra é um dos charmes da cidade portuária. Cercada por aproximadamente 40 colinas, a região ganhou o apelido de São Francisco do Sul. 4. St. Johns, Canadá O clima gélido do Ártico destaca ainda mais essa cidadezinha que fica … Continue lendo →

Leia mais

A democratização do Design

Novas alianças entre designers, produtores e usuários devem ser criadas. A tecnologia fornecerá ferramentas ilimitadas para que essa participação deixe de ser um mito. Essas ideias sintetizam o pensamento do designer austro-americano Victor Papanek, autor de Design para um mundo real: Ecologia Humana e Mudança Social (1971) e Móveis Nômades (1973). Suas obras anteciparam conceitos como open design, participação, inovação aberta, incubação — entre outros termos que hoje são uma realidade. Um exemplo disso tudo colocado em prática como modelo de negócio está em operação há dois anos: é o Studio dLux, fundado pelo jovem arquiteto paulistano Denis Fuzii. Formado na faculdade Belas Artes, ele, assim como muitos profissionais de sua área, bebeu muito dessa fonte. Da inspiração, criou um escritório de arquitetura e design que elabora e executa projetos digitalmente e disponibiliza gratuitamente parte de suas criações para download em uma plataforma open source. Tudo isso da garagem de casa, onde hoje divide o espaço com mais dois arquitetos e duas estagiárias. QUANDO O INSIGHT VEM DO COTIDIANO DE TRABALHO Tudo começou com uma encomenda bastante específica. Uma cliente o havia contratado para criar a iluminação de um salão de festas e, além disso, pediu ao arquiteto “uma cadeira … Continue lendo →

Leia mais

Arquitetura contemporânea e áreas históricas

Intervenções contemporâneas em cenários históricos são uma controversa constante da arquitetura. Vide a Pirâmide do Louvre ou a estrutura metálica incrustada no Royal Ontario Museum, de Toronto, e os questionamentos que esses projetos alimentaram quando erguidos. Críticos das construções arrojadas argumentam que elas parecem fora de lugar e são fruto de um “complexo faraônico’. Já admiradores apreciam a justaposição e o contraste entre estilos. “Até que ponto o novo trabalho deve se parecer e passar a mesma impressão que as estruturas que o contornam? Faz sentido que a nova estrutura se destaque ou se encaixe?”, questiona o site “99 Percent Invisible”, dedicado a destrinchar temas do dia a dia. O debate em torno do tema envolve a preservação do patrimônio histórico e a funcionalidade dos espaços urbanos. Da mesma forma, há de se considerar que estilos e gostos mudam com o tempo, e o que parece inapropriado em uma época torna-se ícone quando observado anos mais tarde. Esses são alguns dos elementos que compõem a discussão sobre a paisagem urbana híbrida: DESTACAR-SE Segundo o jornalista Kurt Kohlstedt, do “99 Percent Invisible”, um “rompimento explícito” com o cenário tradicional é feito muitas vezes para chamar atenção para o estabelecimento que recebe … Continue lendo →

Leia mais