As bibliotecas mais bonitas do mundo

As bibliotecas mais bonitas do mundo

Além de encantar os amantes da literatura, as bibliotecas também podem chamar atenção por sua arquitetura e beleza. E já parou para pensar no quanto as bibliotecas contam a história de um determinado lugar? Com tantos registros, livros e manuscritos, é impossível não se sentir fazendo uma viagem incrível ao passado!

Pensando no quanto pode ser interessante visitar a biblioteca da cidade que você está visitando (ou irá visitar), selecionamos as bibliotecas mais bonitas do mundo. Assim, além de super cultural, seu passeio também será cheio de belezas.
As bibliotecas mais bonitas do mundo

1. TRINITY COLLEGE LIBRARY | DUBLIN, IRLANDA

Long_Room_Interior,_Trinity_College_Dublin,_Ireland_-_Diliff
A biblioteca antiga da Trinity College é uma das atrações mais concorridas de Dublin. É considerada uma das maiores bibliotecas do mundo e um dos 10 ícones da Irlanda.

Inaugurada em 1592, depois que a rainha Elizabeth I autorizou a fundação da Trinity College, a biblioteca conta com quase 3 milhões de livros. A Long Room, sala principal da biblioteca, conta os 200 mil livros mais antigos da biblioteca. Há também a presença de vários bustos de filósofos e escritores, como Francis Bacon, Isaac Newton e Sócrates.

O visitante pode ver de perto documentos históricos da Irlanda, como a proclamação da república do país, por exemplo. Porém, o destaque principal é o Livro de Kells, escrito por monges celtas há mais de mil anos, com manuscritos de evangelhos ilustrados e decorados com arte céltica em relevo. Incrível, né?!

2. CODRINGTON LIBRARY | OXFORD, INGLATERRA

imagen-sin-titulo
A biblioteca de Condrigton pertence à All Souls College, que faz parte da Universidade de Oxford. Diferente das outras bibliotecas da universidade, ela não é aberta ao público e os alunos só podem ter acesso ao seu acervo a partir de uma solicitação de admissão.

Sua história começa em 1710 a partir da doação de 12 mil volumes por um ex-aluno da All Souls, Cristopher Codrington. Ele também fez uma doação em dinheiro à faculdade, possibilitando, então, a abertura da biblioteca em 1751.

Atualmente, o acervo conta com aproximadamente 185 mil livros, sendo um terço deles produzidos antes de 1800. As coleções são muito ricas em temas como direito e histórica, principalmente sobre a história da Grã-Bretanha, do início da Europa Moderna e história militar. Isso faz com que a biblioteca atraia estudiosos do mundo inteiro.

3. REAL GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA | RIO DE JANEIRO, BRASIL

15834763401_462afea5c5_k
O Real Gabinete Português de Leitura foi fundado em 1837 por imigrantes portugueses. A intenção da construção da biblioteca era promover a cultura na capital do Império.

Com um estilo arquitetônico gótico-renascentista, o Real Gabinete foi aberto ao público em 1990. O acervo possui aproximadamente 350 mil volumes, contando com obras e documentos raros, como a primeira edição do livro Os Lusíadas e manuscritos de Machado de Assis. Além disso, é considerada a maior coleção de obras portuguesas fora de Portugal!

Essa biblioteca é tão bonita que já foi usada várias vezes como cenário de filmes e novelas brasileiras. E em 2014, foi eleita, pela revista Times, a quarta biblioteca mais linda do mundo em uma lista de 20. Não é simplesmente maravilhoso ter uma das bibliotecas mais bonitas do mundo no nosso país?!

4. STUTTGART CITY LIBRARY | STUTTGART, ALEMANHA

Kanazawa-umimirai-library
Com certeza, a mais moderna das bibliotecas desta lista, a Biblioteca Municipal de Stuttgart foi fundada em novembro de 2011. Depois de ganhar o concurso com o melhor projeto para sua construção, o arquiteto coreano Eun Youn Yi foi o responsável por dar modernidade e minimalismo ao acervo.

Seu prédio possui onze andares, sendo dois deles subterrâneos, e tem a forma de um cubo perfeito nas cores branco e azul. É, simplesmente, uma obra de design a céu aberto. Os pisos principais da biblioteca são em plano aberto e são ligados por escadas posicionadas em lugares diferentes. Isso foi pensado para que os visitantes pudessem ter contato com diferentes tipos de livros, tornado o tempo na biblioteca mais agradável.

Uma curiosidade do prédio é que a palavra biblioteca está escrita nas quatro faces do prédio em alemão (língua da cidade), em inglês (língua internacional mundial), em árabe (considerada a língua da sabedoria antiga) e em coreano (língua materna do arquiteto). Vai dizer que não bateu aquela vontade de ver de pertinho essa maravilha da arquitetura moderna?


5. STOCKHOLM PUBLIC LIBRARY | ESTOCOLMO, SUÉCIA

stockholm-public-library
A Biblioteca Pública de Estocolmo foi a primeira biblioteca pública da cidade e foi inaugurada em 1928. Seu prédio é um clássico da arquitetura, por fora e por dentro a construção impressiona pela beleza e funcionalidade.

Essa biblioteca foi pensada para fugir do padrão de separação entre pessoas e livros. Por isso, suas estantes são em formato aberto e de livre acesso. Além disso, ela possui espaços para todos os públicos, sendo um ambiente alegre, vibrante e colorido graças as capas dos livros expostos.

O acervo possui aproximadamente 700 mil livros. Um lugar que todos os amantes da cultura e da leitura amariam conhecer!

6. THE LIBRARY OF PARLIAMENT | OTTAWA, CANADÁ

The Library of Parliament
Inaugurada em 1876, com um estilo gótico em forma circular, a Biblioteca do Parlamento do Canadá é um passeio bastante interessante de se fazer na cidade de Ottawa. Localizada no bloco central do Parlamento Canadense, essa biblioteca tem muita história para contar.

Seu interior conta com uma bela variedade de cores e texturas, com detalhes artesanais bem típico os da arquitetura gótica. Brasões de armas das sete províncias existentes no país em 1876 também fazem parte da decoração, além da estátua da Rainha Victória em mármore.

Em 1916, um grande incêndio atingiu o o bloco central do Parlamento, destruindo quase todo o prédio, porém a biblioteca não foi atingida por conta de suas portas corta-fogo. Daí em 1952, outro incêndio aconteceu, dessa vez na cúpula da própria biblioteca, parte do acervo foi danificado pela água e pela fumaça.

Atualmente, a biblioteca conta com vários aparatos contra incêndio, para proteger sua coleção com mais de 600 mil itens (ainda bem!).

7. MORGAN LIBRARY | NEW YORK, EUA

TheMorganLibrary
Pierpont Morgan foi o maior banqueiro de Nova York e, além disso, foi um grande colecionador de livros, manuscritos e raridades ligadas à literatura. Ele comprava tanta coisa, que no início do século XX contratou um arquiteto para projetar um palácio para abrigar seus livros.

Construída entre 1902 e 1906, a Morgan Library abriga centenas de milhares de preciosidades de Morgan. Em 1924 foi aberta ao público, mostrando também seu rico acervo em obras, gravuras e desenhos de artistas europeus como Leonardo da Vinci, Michelangelo e Picasso.

A biblioteca também conta com obras raras da literatura como 3 bíblias de Gutenberg, livros da idade média, partituras de Mozart e Bethoven e manuscritos de autores como Maquiavel e Virgínia Woolf. Devido ao crescimento das raridades do acervo, um prédio moderno foi construído ao lado do palácio tombado pelo governo estadunidense. Outra coisa legal de se fazer é visitar alguma das exposições itinerantes que passam por lá. É um passeio imperdível para quem curte arte e literatura!


Via: Egali


Categorias: Arquitetura artes Inspiração Variedades Viagens

Tags: , , , , , , , , , , , ,